TAXAS DE SOBREVIVÊNCIA A CÂNCER DOBRARAM EM 30 ANOS, DIZ ESTUDO

19/5/2007
A chance de sobrevivência de dez anos após o diagnóstico da doença subiu de 23,6% para uma média de 46,2% na Inglaterra e no País de Gales
 
LONDRES – As taxas de sobrevivência de todos os tipos de câncer quase dobraram nos últimos 30 anos na Inglaterra e no País de Gales, segundo cálculos de cientistas britânicos.
Os pesquisadores da London School of Hygiene and Tropical Medicine constataram que a chance de sobrevivência de dez anos após o diagnóstico da doença subiu para uma média de 46,2%. Três décadas atrás, essa média era de 23,6%. Já a chance de sobrevivência de cinco anos após o diagnóstico aumentou de uma média de 28%, há trinta anos, para os atuais 49,6%.
Os pesquisadores constataram também um aumento na taxa de sobrevivência de algumas doenças específicas no mesmo período: câncer de mama (de 54% para 79%), próstata (de 34% para 61%) e cólon (de 27% para 46%).
 Metas
"Nós geralmente não usamos uma estatística de sobrevivência geral para câncer, em parte porque não é um número útil para pacientes individuais de câncer ansiosos por saber quais são as suas chances", disse o professor Michel Coleman, que coordenou o estudo.
O estudo foi divulgado para dar impulso ao lançamento de uma campanha no Reino Unido que visa aumentar ainda mais as taxas de sobrevivência a câncer.
A campanha, da ONG britânica Cancer Research, estabelece dez objetivos para a Grã-Bretanha a serem alcançados até 2020. As metas são:
75% da população devem saber como reduzir o risco de câncer
O número de fumantes deve cair de 12 milhões para 8 milhões
Reduzir número de pessoas com câncer abaixo de 75 anos de um a cada quatro para um a cada cinco
Diagnosticar a doença mais cedo
Ter conhecimento detalhado das causas do câncer em dois terços dos casos
Melhores tratamentos com menos efeitos colaterais
Maior taxa de sobrevivência, com dois terços dos pacientes vivendo por cinco anos após o diagnóstico
Priorizar as áreas mais pobres – as taxas de mortalidade são maiores em 70% entre os homens e 41% entre mulheres comparadas com as regiões mais ricas
Fornecer as informações necessárias aos pacientes
Continuar a luta contra o câncer após 2020
 
Fonte: BBC Brasil

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: