REPOSIÇÃO HORMONAL

 
REDUÇÃO NO USO DE TERAPIA DE REPOSIÇÃO HORMONAL DIMINUI INCIDÊNCIA DE CÂNCER DE MAMA
                                                                       
Estudo americano relaciona a redução da incidência de câncer de mama com diminuição abrupta do uso de terapia de reposição hormonal (TRH) na menopausa. Professora Titular de Nutrição da ESALQ-USP destaca benefícios da soja para a saúde da mulher
Conhecida por seus efeitos benéficos na prevenção de doenças cardiovasculares, osteoporose, na diminuição dos sintomas da menopausa e até para a melhora da elasticidade da pele, a soja mostra-se mais uma vez como opção para as mulheres em relação à terapia de reposição hormonal (TRH).
Um estudo americano publicado no Journal of the National Cancer Institute relacionou a redução da incidência de câncer de mama com a diminuição abrupta do uso de terapia hormonal na menopausa. Na pesquisa feita pela Kaiser Permanente, uma grande organização de serviços de saúde dos Estados Unidos, identificou-se uma queda na incidência de câncer de mama entre pacientes nos anos de 2003 a 2006, e queda de quase 50% nas prescrições de estrogênio e progesterona, hormônios que podem acelerar o crescimento de tumores já existentes.
Segundo a Professora Titular de Nutrição da ESALQ/USP e presidente da Sociedade Brasileira de Alimentos Funcionais (SBAF), Jocelem Salgado, o resultado desse estudo comprova os alertas contra os riscos da TRH que estão sendo feitos há anos. "Estudos mostram que a reposição hormonal aumenta o risco de câncer de mama, endométrio, ovários e derrame. O maior deles, o estudo WHI – Women”s Health Initiative, cujos resultados têm sido divulgados desde 2002, fez com que as prescrições de estrogênio e progesterona diminuíssem", disse.
De acordo com a especialista, pesquisas conduzidas com compostos funcionais da soja mostram que esse tipo de alimento pode oferecer vários benefícios, sem qualquer risco para a saúde das mulheres na menopausa. "Vários estudos publicados desde a década de 90 relacionam as isoflavonas presentes no grão com o alívio das ondas de calor e suores noturnos, além disso, a presença da proteína, na forma de isolado protéico de soja, favorece a redução dos níveis de colesterol e ajuda na manutenção da saúde óssea", enfatiza.
No Brasil, vários estudos têm sido conduzidos com o objetivo de comprovar os benefícios do consumo de soja, que tanto beneficia a saúde das mulheres orientais. O mais conhecido deles foi realizado no Hospital das Clínicas de São Paulo (da Faculdade de Medicina da USP), e teve como objetivo comparar um alimento à base de soja com hormônios utilizados em TRH. A conclusão dos médicos que testaram os dois tratamentos foi de que o alimento, à base de isolado protéico de soja, foi tão eficaz quanto a TRH em reduzir os sintomas da menopausa.[14]
A professora enfatiza também que para ter qualidade de vida durante a menopausa é importante ter hábitos de vida saudáveis. "Além do consumo de alimentos ricos em proteínas e isoflavonas de soja, é fundamental que as mulheres se conscientizem da importância da prevenção de doenças nessa fase, adotando um estilo de vida equilibrado que envolve uma alimentação balanceada, exercícios físicos regulares, manutenção de um peso adequado e restrição do álcool e do fumo", conclui.
Para saber mais:
Women”s Health Initiative –
http://www.whi.org/
Journal of the National Cancer Institute –
http://jnci.oxfordjournals.org/cgi/content/abstract/djm059
Estudo HC/FMUSP – www.estudosojamenopausa.com.br
 
 
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: