TRATAMENTOS CIRURGICOS E PRÉ-OPERATÓRIOS

Os exames pré-operatórios fornecem informações sobre o paciente a ser submetido à cirurgia, otimizando sua condição antes do procedimento.

A avaliação clínica pré-operatória compreende a anamnese, o exame físico e exames complementares como hemograma completo, coagulograma, glicemia de jejum, raios X de tórax e eletrocardiograma, de modo a ser definido o risco cirúrgico.

Os procedimentos pré-operatórios incluem também os exames que permitem avaliar se existem metástases, ressaltando que a ocorrência das mesmas está diretamente relacionada com o tamanho do tumor e suas características biológicas.

Geralmente, são solicitados exames laboratoriais que avaliem as funções hepáticas e ósseas, como fosfatase alcalina, TGO, TGP, gama GT e desidrogenase láctica, e os marcadores tumorais, como o CA 15.3 e o CEA.

Também podem ser solicitados exames de imagens como raios X de tórax, cintilografia óssea, ultra-som abdominal e, em alguns casos, pode-se incluir exames por imagem mais complexos como tomografia computadorizada, ressonância magnética e PET.

Esses exames também servem como parâmetro inicial para comparação com os futuros exames de controle.

TIPOS DE CIRURGIA

As cirurgias para o tratamento de câncer de mama podem ser conservadoras ou não conservadoras:

Cirurgias Conservadoras

  • Tumorectomia (ou lumpectomia) é a retirada do tumor sem margens. Em seguida, aplica-se a terapia por radiação. Às vezes, os gânglios linfáticos das axilas são retirados como medida preventiva. É aplicada em tumores mínimos.
 

 

 

 

  • Ressecção segmentar ou setorectomia é a retirada do tumor com margens, ou seja, uma parte do tecido normal que o envolve e o tecido que recobre o peito abaixo do tumor. É, pois, um tratamento que conserva a mama.
 

 

 

 

Cirurgias Não Conservadoras

  • Adenomastectomia subcutânea ou mastectomia subcutânea é a retirada da glândula mamária, preservando-se pele e complexo aréolo-papilar.
  • Mastectomia simples ou total é a retirada da mama com pele e complexo aréolo-papilar. Os gânglios linfáticos mais próximos também são removidos.
  • Mastectomia radical modificada é a retirada da mama com preservação de um ou dois músculos peitorais com linfadenectomia axilar.
  • Mastectomia radical é a retirada da mama e dos músculos peitorais com linfadenectomia axilar.

ESVAZIAMENTO AXILAR – LINFEDECTOMIA

No tratamento do câncer de mama a retirada dos linfonodos axilares (chamada de linfadenectomia) tem finalidade prognóstica, de planejamento terapêutico pós-operatório e de controle do câncer na axila.

O esvaziamento axilar é importante no controle local da doença e no planejamento dos tratamentos complementares, uma vez que se os gânglios axilares estiverem comprometidos será necessário um tratamento sistêmico com quimioterapia. No entanto, o esvaziamento axilar tem possíveis complicações como o linfedema, diminuição da sensibilidade da região axilar e do terço medial do antebraço e pequenas alterações nos movimentos do ombro.

A dissecção completa da axila envolve a retirada dos três níveis axilares, entretanto algumas complicações importantes podem ocorrer, por isso tem sido bastante discutida a validade das dissecções radicais, em relação ao prognóstico. A dissecção dos níveis mais baixos oferece a mesma informação, sendo de mais fácil execução e menor risco de complicações.

BIÓPSIA DE LINFONODO SENTINELA

Um dos fatores mais importantes para o tratamento do câncer de mama localizado é a presença ou ausência de metástase nos linfonodos. Na sua grande maioria, o câncer de mama dissemina inicialmente para os linfonodos mais próximos. O estudo do linfonodo sentinela por meio da biópsia (BLS) é uma técnica que permite um estadiamento linfonodal mais acurado e sem a morbidade de uma linfadenectomia total ou radical. A BLS é um procedimento que conserva a axila e que depende da colaboração e interação da medicina nuclear, equipe cirúrgica e dos patologistas. A linfadenectomia seletiva proporcionada pela BLS tem a vantagem de diminuir a morbidade sem comprometer a avaliação da paciente.

A avaliação histológica abrangente de somente um ou de poucos linfonodos (linfonodo sentinela), melhora o estadiamento histopatológico da axila em pacientes com câncer de mama.

Procedimentos

É injetado na mama da paciente um fármaco (por exemplo, Dextran 70) marcado com 14,8 MBq (0,4 mCi) de 99mTc, através de localização por esterotaxía (mamografia), ultra som ou por apalpação.

Cerca de 3 horas mais tarde, a paciente é levada até o serviço de medicina nuclear para fazer uma cintilografia das mamas. Essa imagem, fornecida pelo radiofármaco, é levada ao cirurgião para a visualização do linfonodo comprometido.

A cirurgia é realizada cerca de 24 horas após a injeção.

A cirurgia será acompanhada também por médicos da Medicina Nuclear, que através de um detector de radiação especial, geralmente um detector semicondutor, localizam o primeiro linfonodo comprometido.

Após a retirada do linfonodo, o mesmo é levado à equipe de patologia para congelamento e análise.

Indicações

  • Tumores pequenos, com axila clinicamente negativa.
  • Tumores multifocais ou multicêntricos.

Contra-Indicações

  • Linfonodos axilares palpáveis.
  • Tumores maiores que 4 cm.
  • Cirurgia axilar prévia.

Conclusão

A biópsia radioguiada do linfonodo sentinela em pacientes com câncer inicial tem se mostrado um tratamento muito efetivo para que não seja realizado esvaziamento axilar em pacientes com linfonodo sentinela negativo. Esse tratamento não altera os padrões vigentes quanto ao controle locorregional da doença, a recidiva do tumor e a sobrevida das pacientes.

A atividade de radiofármaco introduzida na região é extremamente baixa, não acarretando dose absorvida de relevância nas mamas.

O radionuclídeo utilizado possui toxicidade e meia-vida baixa, não acarretando qualquer problema à paciente e à equipe médica participante da operação.

Maria Inês Calil Cury Guimarães

Física, Doutora em Tecnologia Nuclear. Pesquisadora do Centro de Medicina Nuclear da Universidade de São Paulo

Fonte: http://www.mamainfo.org.br

Anúncios

Comentários desativados.

%d blogueiros gostam disto: