LIMITAÇÕES

Depois que nos recuperamos, vem uma súbita vontade de literalmente “não perder um minuto sequer de vida” e com isso muitas vezes( vou usar uma frase que escuto muito) temos a vontade de “ abraçar o mundo com a pernas”.

É muito difícil se deparar com limitações, se acostumar que agora seu organismo conscientemente lhe dita regras e lhe diz até aonde você pode ir.

Para as mulheres que tiveram câncer de mama as limitações estão muito ligadas ao membro do lado aonde foi a cirurgia para que se evite a instalação do linfedema, explicado no menu Linfedema.

Outra limitação diz respeito a parte postural. Quanto mais se demora para optar pela cirurgia de reconstrução mais tempo seu organismo tem que encontrar mecanismos de defesa e compensações para equilibrar o corpo que fica mais leve de uma lado do que de outro.

Isso acarreta diversos desvios posturais que devem ser corrigidos com fisioterapia.

Ás vezes precisamos tomar alguns sustos para percebermos que mesmo sobreviventes, não somos de ferro e que nosso organismo e suas atuais limitações devem ser respeitadas, antes que ele próprio arrume um jeito de te fazer perceber isso.

Tenha calma no retorno de suas atividades, preserve o braço do lado da cirurgia e principalmente, aprenda a entender a leitura do seu organismo.

Tivemos uma segunda chance de vivermos, mas se não nos cuidarmos, será que teremos uma terceira?

Fonte: http://www.fundacaolacorosa.com

Comentários desativados.

%d blogueiros gostam disto: