O CÂNCER DE MAMA E A FISIOTERAPIA

11/11/2010

O tipo de câncer que se manifesta com mais frequência nas mulheres brasileiras é o de mama. E é provavelmente o mais temido por elas. Seus efeitos físicos e psicológicos podem afetar e percepção da sexualidade e até mesmo a imagem pessoal.

Uma vez confirmado o diagnóstico, é hora de iniciar o tratamento. Orientações específicas para essa nova condição são muito importantes para manter a integridade do membro superior e evitar o desenvolvimento do linfedema, após a retirada dos gânglios linfáticos. Trata-se de um edema crônico e permanente, que pode causar comprometimento físico e emocional à mulher. Um acompanhamento adequado é, portanto, extremamente necessário.

Para evitar a sequela, a partir do pré-operatório, o fisioterapeuta já orienta a paciente sobre os cuidados que deverá tomar com o membro superior do lado da mama a ser operada e sobre exercícios a serem realizados. Após a cirurgia, ela passará por uma reabilitação do membro superior para restaurar seus movimentos.

A fisioterapia desempenha relevante papel em todas as fases de tratamento do câncer de mama. Seu principal objetivo é promover a recuperação físico-funcional, por meio de uma terapia personalizada, baseada nas necessidades individuais de cada mulher.

O foco é a prevenção e o tratamento de complicações, como a dor, o inchaço do membro superior e do tórax, as disfunções musculares e articulares, o cansaço, as alterações respiratórias e o linfedema, visando a funcionalidade e qualidade de vida da mulher. Além disso, visa mostrar à mulher que é possível a retomada das atividades do cotidiano e da qualidade de vida.

É preciso ressaltar que, o ponto-chave para o sucesso do tratamento é o comprometimento da mulher com o programa fisioterapêutico. Em muitos casos, ela também precisa seguir algumas instruções e fazer atividades em casa, para que o tratamento seja completo e mais efetivo. Dessa forma, a recuperação acontece de maneira mais rápida e eficiente.

Fonte: Panashop

 

Comentários desativados.

%d blogueiros gostam disto: